Sindiquímica-PR participa de reunião para defender mudanças nos rumos da Petrobrás

Em 19 de setembro, o Grupo de Estudos Estratégicos e Propostas para o Setor de Óleo e Gás (Geep) da Federação Única dos Petroleiros (FUP), juntamente com as diretorias dos sindicatos filiados, realizou uma reunião com a Petrobrás para dar continuidade ao processo de negociação do Acordo Coletivo de Trabalho (ACT) e defender mudanças nos rumos da companhia.

O diretor do Sindiquímica-PR Sérgio Luiz Monteiro esteve presente no encontro, que enfatizou a necessidade de a Petrobrás permanecer como uma empresa pública, com foco no desenvolvimento nacional.

Essa discussão se mostra relevante especialmente no momento em que a Fábrica de Fertilizantes Nitrogenados do Paraná (Fafen-PR), instalada em Araucária (PR), foi colocada à venda junto com a Unidade de Fertilizantes Nitrogenados III (UFN-III), de Três Lagoas (MS).

O direcionamento da gestão da Petrobrás é uma questão diretamente ligada ao ACT, uma vez que as tentativas de desmontes não estão relacionadas a questões financeiras, mas fazem parte do plano de privatização da companhia.

Segundo Monteiro, a permanência da Petrobrás no setor público é essencial para que ela continue cumprindo com seu caráter social. “A geração de empregos e o desenvolvimento da economia proporcionados pela companhia não podem ser deixados de lado pela influência do capital privado. A categoria e a sociedade devem lutar para que a Petrobrás permaneça nas mãos do Estado”, afirmou.

Fonte: Sindiquímica-PR