Petrobrás mente sobre PLR. Acordo é pra ser cumprido

Em comunicado aos trabalhadores da Petrobrás, nesta terça-feira,12, o coordenador da FUP, Simão Zanardi Filho, desmentiu a gestão da empresa, que vem tentando imputar às organizações sindicais a responsabilidade pelo não pagamento da Participação nos Resultados (PR) referente ao exercício de 2017. Ao contrário do que as gerências vêm divulgando, o acordo de pagamento da PR em 2015 foi para todos os trabalhadores do Sistema, incluindo a Araucária Nitrogenados.

Agora, a empresa insiste em excluir os trabalhadores da Fafen Paraná, num claro descumprimento do que prevê o Acordo de Regramento da PLR e, portanto, não pode ser aceito pela categoria, ainda mais nesse momento em que todo o Sistema está sob ataque. Se hoje a gestão da Petrobrás diferencia direitos dos companheiros da Araucária, amanhã pode fazer o mesmo com qualquer outra unidade da empresa.

A FUP assinará o Acordo da PR tão logo a Petrobrás cumpra o que foi acordado com as organizações sindicais, garantindo o pagamento para todos os trabalhadores, inclusive da Fafen-PR.

[FUP]