Nota da diretoria: Sindiquímica-PR presta solidariedade aos atingidos pelo desastre em Brumadinho

No início da tarde de hoje (25), uma nova tragédia anunciada atingiu uma cidade de Minas Gerais. O município de Brumadinho, na região metropolitana de Belo Horizonte, foi varrido pelo rompimento de uma barragem de rejeitos da mineradora Vale.

O incidente surge do mesmo descaso que, há três anos, levou a um acontecimento semelhante em Mariana. Até o momento da publicação desta nota, o Corpo de Bombeiros falava em pelo menos 200 pessoas desaparecidas e centenas de casas atingidas pelo mar de lama.

O Sindiquímica-PR presta sua solidariedade a todos os moradores da região e, sobretudo, aos trabalhadores da Vale – muitos dos quais estavam em um refeitório da empresa que estava exatamente na rota da barragem.

O sindicato também deixa registrada seu repúdio à voracidade e ganância da mineração, que ainda têm o potencial de causar novas tragédias. O estado de Minas Gerais tem 50 barragens em situação de instabilidade, que podem dar origem a rompimentos semelhantes a qualquer momento.  Chega de impunidade contra as empresas responsáveis por esse tipo de catástrofe ambiental. Não aceitaremos que o lucro continue sendo mais importante que a saúde dos trabalhadores.

Fonte: Sindiquímica-PR