Reajuste proposto pela Exterran não inclui ganho real, nem correção dos benefícios

Em nova rodada de negociação com a Exterran nesta terça-feira, 10, a FUP tornou a defender a pauta de reivindicações dos trabalhadores. A empresa, no entanto, apresentou uma proposta de reajuste salarial corrigida apenas pelo ICV/DIEESE, sem ganho real, nem reajuste dos benefícios.

A desculpa utilizada pelos representantes da Exterran é a de redução das atividades no setor petróleo.

A FUP reafirmou a necessidade de reajuste dos benéficos, de implantação do Plano de Cargos e Salários, além de cobrar ganho real de 3% e manutenção do atual acordo.

A Exterran se comprometeu a estudar as reivindicações e apresentar uma nova proposta até o dia 19.

Fonte: FUP